Poema inacabado 4

Palavra

Era uma palavra espremida entre um gemido
Brotava como um botão de rosa
Como se o próprio criador a fisgasse.
Era como o tecer de uma linha
Entre a laringe e o mundo

{mar}cos

Anúncios

Um comentário sobre “Poema inacabado 4

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s